Você sabe o que é hidrogênio verde? Descubra!

Hidrogênio verde: a promessa de um futuro sustentável

Com o hidrogênio verde, podemos reduzir a pegada de carbono e promover o crescimento econômico sustentável.

Anúncios

hidrogênio verde
Fonte: Freepik

Originado pela eletrólise da água com o uso de fontes de energia renovável, como solar ou eólica, o hidrogênio verde não emite gases de efeito estufa durante seu processo de fabricação ou utilização, constituindo-se como uma opção viável em substituição aos combustíveis fósseis.

Com o avanço das tecnologias e a queda dos custos de produção, o hidrogênio verde tem tudo para se tornar uma peça fundamental na construção de um futuro mais sustentável e próspero. Entenda mais a seguir!

O que é o hidrogênio verde?

O hidrogênio verde se dá por meio da eletrólise da água com o emprego de energia renovável. Dessa forma, esse processo emprega eletricidade para desmembrar as moléculas de água em hidrogênio e oxigênio, sem gerar emissões de gases de efeito estufa.

Desse modo, o hidrogênio verde é visto como uma opção promissora para substituir os combustíveis fósseis, já que é possível ser empregado como uma fonte de energia sustentável em vários segmentos, como transporte, indústria e produção de eletricidade.

Além disso, o hidrogênio verde é visto como uma solução para armazenar energia renovável excedente, ajudando a estabilizar a rede elétrica e a promover a transição para um sistema energético mais sustentável.

Anúncios

No entanto, apesar de seu potencial, o hidrogênio verde ainda se depara com obstáculos, como os altos custos de produção e a infraestrutura limitada. Portanto, é crucial o avanço em tecnologias mais eficientes e a diminuição dos custos para expandir sua utilização e impulsionar a transição para uma economia com baixas emissões de carbono.

Quais as vantagens de seu uso?

Esses benefícios ressaltam a capacidade do hidrogênio verde como uma opção promissora em substituição aos combustíveis fósseis, colaborando para uma transição mais sustentável em direção ao futuro.

1.    Baixas emissões de carbono

Diferentemente dos combustíveis fósseis, que liberam uma quantidade considerável de CO2 e outros gases de efeito estufa durante sua queima, a produção de hidrogênio verde não contribui para o acréscimo dessas emissões.

Afinal, a fabricação do hidrogênio verde implica na eletrólise da água, um procedimento que emprega eletricidade gerada por fontes renováveis. Durante esse processo, a água é decomposta em hidrogênio e oxigênio, sem a emissão de gases nocivos para o clima.

Então, essa abordagem resulta em umciclo de carbono fechado, onde o hidrogênio é produzido e utilizado sem adicionar carbono adicional à atmosfera. Além disso, essa característica é crucial para enfrentar os desafios das mudanças climáticas.

Ademais, o hidrogênio verde também ajuda na descarbonização de setores difíceis de eletrificar, como a aviação e o transporte marítimo de longo curso. Assim, essas indústrias enfrentam desafios únicos na redução de suas emissões, mas possibilita uma solução viável.

2.    Versatilidade

A versatilidade é uma de suas características mais marcantes e valiosas. Ao contrário de alguns recursos energéticos renováveis em que há limitação em sua aplicação, o hidrogênio verde é possível utilizar em uma ampla variedade de setores e aplicações.

No transporte, por exemplo, o hidrogênio verde pode ser empregado em veículos de célula de combustível, oferecendo uma alternativa limpa e eficiente aos veículos movidos a combustíveis fósseis. Nesse sentido, esses veículos têm a capacidade de percorrer longas distâncias com tempos de recarga mais rápidos do que os veículos elétricos a bateria, tornando-os uma opção atraente para diversos tipos de transporte.

Além disso, é viável usar como um recurso energético estacionário em edifícios comerciais e residenciais, bem como em atividades fabris que requerem altas temperaturas ou operam em locais remotos onde a eletrificação direta não é prática.

3.    Independência energética

Ao optar por esse recurso energético renovável, os países e regiões podem reduzir significativamente sua dependência de combustíveis fósseis importados. Estes muitas vezes sujeitos a flutuações de preços e instabilidade geopolítica.

Sendo assim, essa independência energética é especialmente importante em um mundo onde a segurança energética é uma preocupação crescente. Logo, reter o controle sobre a produção de energia, ao invés de depender de fontes externas, oferece uma vantagem estratégica significativa.

Além disso, a independência energética pode impulsionar o desenvolvimento econômico local. Ou seja, ao investir em infraestrutura e tecnologias relacionadas ao hidrogênio verde, as comunidades podem criar empregos e estimular o crescimento em setores emergentes e de alto potencial.

É isso! O hidrogênio verde emerge como uma solução multifacetada para os desafios energéticos e ambientais enfrentados pela sociedade moderna. Aproveitando o assunto, veja também a contribuição da TI verde para um planeta mais sustentável. Até a próxima!

Gabriel Mello

Mestre em Filosofia e doutorando em Letras. Especialista em SEO, atua há 3 anos com planejamento, produção e revisão textual, garantindo a entrega de um conteúdo relevante e de impacto para e-commerce e e-business.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo